terça-feira, março 27, 2007

À Prova de Bala


Ao meu afilhado Bruno Saudades, uma justiça acelerada... Já que como disse Jean Jacques Rousseau os homens dizem que a vida é curta, e eu vejo que eles se esforçam para a tornar assim.






a verdadeira justiça não permanece sentada diante da sua balança, a ver os pratos a oscilar

Romain Rolland


Tenho em mim todas as horas e mecânica do mundo. As horas do desespero de quem quer chegar a casa, àquela que custa os olhos da cara, ou ao trabalho, aquele que explora entre o campo e o império. Os tempos cronometrados de quem esta de férias e não pode prosseguir para os palácios em construções na areia. Os cabos de arranque de relíquias arcaicas e fora de moda. Os sinistros como pêndulos em relógios de cuco e de baixa cilindrada. As ambulâncias sem stop e os meninos que não puderam sobreviver. Trago comigo a ergonomia, a praticabilidade, a solidez, o design agradável, multi-eléctrodos que melhoram o rendimento e optimizam a performance, a garantia vitalícia. A 2ª Circular está tatuada na minha mão em algodão de lustro e os acidentes marcam em linha e lanternas de halogéneo a estrada longa de sete projécteis que não dormem porque tudo o que dorme é criança ao quadrado. Inspecciono as frenéticas avenidas. Levo comigo os pirilampos, e sou um pirilampo. Barras de reboque na pluralidade do universo, cabos de bateria na linha da vida, bomba anti-furo no passado morto e jerricans de aço ou plástico no sangue que simulou a minha vida.
Hoje pedi ao meu pai que me passasse a mão pela bala que espreita do braço, seis lágrimas rolaram tantas como as munições que em espírito e corpo me ficaram entranhadas pois a sétima entrou e saiu, tantas como os comprimidos que a minha asa e senhora toma para caminhar no meu sentido e das meninas que não são só pensamento. Quanto à cobra??? Não sei!!!!! Acho que lhe puseram uma pulseira electrónica e antes deram-lhe muitos meses para continuar a perseguir-me. Mas desassossego a cada milímetro, na tentativa, no chamamento oriundo do telefone móvel a solicitar um serviço a largas horas no tablier que a noite carrega de critérios simples. Amorteço a queda em boa suspensão, talvez, depois do S.O.S. oriundo dos Olivais, viatura apagada e de cobra, chave dentro, serviço de desempanagem completamente estudado e premeditado para um mecânico como eu. Esperava-me a arma de fogo a uns milímetros da traqueia. Lembro-me de cintilar um brinco polivalente em piso seco e molhado de cabeça em terra larga e marginal. Do sangue vou guardar as cartas de marear na dor e no corsário enfoque pirata e que me conduziu até à esquadra mais próxima. Pelos meus pés passeei a teimosa morte. Dancei com ela à boca de um rap que relaxa a verdade. Levaram-me o telefone para disfarçar e pensaram ficar ricos. Ricos de artigos em código penal ajustados. Ricos de vencidos às mãos da policia judiciária. E agora? Agora vou ser penalizado na próxima inspecção que o diabo me fizer: cor alterada, simplesmente o meu brilho é maior, aprendi que agir é a inteligência perfeita; deterioração do reflector, passei a reflectir a tempo inteiro os meus sonhos concretizados, a minha filha mais nova disse-me ontem que quando crescer quer ser como eu; mau funcionamento, os médicos suspiraram que o meu corpo expulsará as balas, há uma que até já quer ver a luz do dia, isto passa; mau posicionamento, a família fala em primeira voz; má fixação, centrei e fixei-me na moldura legal dos meus agressores, espero a concretização cega da justa medida... E de madrugada vou continuar a rebocar sonhos, muitos sonhos Avenida Gago Coutinho acima e embarca-los nos aviões céleres do aeroporto, para que voem e cresçam como anjos, mas não até aos anjos. Pois não deixei de brilhar. Porque eu, eu sou à prova de bala.




BAR

Hoje sirvo long drink Klass Cafe

Ingredientes :
Vodka
Pisang ambom
Batida de coco

Preparação:
junta-se pela sequência
1/2copo de vodka
1/4copo de pisang ambom
1/4copo de batida de coco


E a leitura da Fábula do Pirilampo e da Cobra:

Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um pirilampo que só vivia para brilhar.
Ele fugia rápido com medo da feroz predadora e a cobra nem pensava em desistir.
Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada.
No terceiro dia, já sem forças, o pirilampo parou e disse à cobra:
- Posso fazer três perguntas?
- Podes. Não costumo abrir esse precedente para ninguém mas já que te vou comer, podes perguntar.
- Pertenço à tua cadeia alimentar?
- Não.
- Fiz-te alguma coisa?
- Não.
- Então porque é que me queres comer?
- PORQUE NÃO SUPORTO VER-TE BRILHAR!!!

38 comentários:

entre linhas disse...

Minha amiguinha que bom temos novidades por aqui !

Venho te desejar uma boa semana

Saudações sineenses!!

Bjs Zita

Maria disse...

"PORQUE NÃO SUPORTO VER-TE BRILHAR!!!..." é o que acontece muitas vezes. Por isso esconde-te da cobra e deixa ela passar. Bjs

MARTA disse...

Texto poderoso, bem exposto como sempre aliás.
Infelizmente, há gente que não sabe "brilhar" e não gosta de outros que sabem...
Obrigada pela partilha.
Beijos e abraços
Marta

Bruno Saudades disse...

Parabéns está lindo Impressionante como de uma noite tão feia a MADRINHA fez uma história tão linda, admiro a sensiblidade e a delicadeza que transmite o
texto pois como sabe ainda nos é muito dificil falar ou pensar no assunto. A Deus, aos meus pais,ao meus irmãos Miguel e Toy, a minha MADRINHA e principalmente a minha querida esposa (Marina), UM MUITO OBRIGADO. Com o vosso apoio e a vossa força hoje estou fisicamente recuperado.

Joaquim Saudades disse...

Acuso com satisfação os textos dedicados a pessoas que me são muito importantes, nomeadamente a dois irmãos e a meu pai. Contudo, a pessoas que têm tal apreço por eles, mesmo eu não as conhecendo pessoalmente, merecem toda a minha consideração. Bem haja...

Joaquim Saudades

Toy Saudades disse...

Ola, muitos parabens pelo texto esta muito bonito, nem parece aquela historia horrivel que acompanhei de tão perto e que tanto me fez sofrer ao ver o meu mano as portas da morte. Adorei... Bem haja...

Sofia Saudades disse...

tua vida é como o mar...
num dia esta calmo i maravilhoso, mas assim do nada pode vir uma maré mais forte e ser um desastre.
foi o k akonteceu ctg primo, tavas tu num dia, como tantos outros e o k menos esperava aconteceu...
é triste em pleno sec XXI acontecerem acidentes como o teu, é triste o nosso país não evoluir no que é mais preciso.nada que possa vir depois apagará a
dor que tiveste nesses momentos infelizes da tua vida, nada ninguem
compreende o k passas-te.
mas, conseguiste e hoje em dia tas muito bem, tens uma boa vida filhos
maravilhosos e uma mulher que te ama, es feliz!!!!!
e esse acidente, foi passado, apesar d nunca te eskexeres..porque so tu
sabes a dor, tens de olhar em frente e ultrapassar tudo!!!!
eu desejo-te tudo de bom!!!

beijinho. Sofia Saudades

Marina Saudades disse...

Madrinha,como lhe posso eu agradecer por ter escrito este episodio que tanto
a todos nos fez sofrer,na noite mais feia e perigosa que o meu amor
viveu.desde ja um muito OBRIGADO pela sua coragem. Eu, todos os dias
agradeço a deus por o ter protegido Deus sabe que ele nos faz muita falta a todos!... A ele "AO MEU HEROI" Obrigado por teres lutado com a morte e teres vencido!E o que seria das nossas meninas sem o Papa que elas tanto
amam!Obrigado deus por ter protegido um "Heroi" ou seja o meu "Heroi"
AMO-TE!

Cristina disse...

Angel,
Ainda é cedo, eu sei! Mas não ver oportunidade de voltar á blogosfera, e sendo assim, deixo aqui os meus votos para que a tua páscoa seja muito feliz,
não comas muitos chocolates :)
Beijinhu, até para a semana

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Angel:

Deixaste-me entrigado (!!!)
Se é conto... está magnífico.
Se foi vivido está terrível.
Desejo-te uma Páscoa muito feliz e com muita saúde junto dos teus.
Beijinhos,

angel bar disse...

Olá José Alberto, infelizmente é veridico e foi noticiado nas nossas televisões. Acompanhei de perto pois o ofendido é meu afilhado e uma pessoa muito querida para mim. Ele continua a viver com seis balas no corpo mas é uma pessoa cheia de vida, um exemplo de vida... Continuamos à espera da realização de Justiça. Um beijinho, uma boa Páscoa com tudo de bom.

veritas disse...

Olá!

Relato impressionante que nos deixa a temer pelo futuro bem próximo que já não é só dos nossos descendentes. Que a justiça se faça!

Bjs e um boa páscoa!

Pekena disse...

Muito bonito este post :)

A grande verdade é que existem muitas pessoas que não sabem brilhar. Mas pior do que isso, é que não suportam a realidade de ver os outros a brilhar e sentem inveja e rancor por isso!

Fico muito contente por saber que o teu afilhado, apesar das 6 balas que habitam nele, está muito bem :)
Isso é muito importante que a força e a fé tenham vencido todo o mal.

A justiça fazer-se-á sentir!

Já agora, desejo-te uma Páscoa feliz com muita alegria, paz e amor.

Bjs da Pekena**

pn disse...

o brilho de alguns, mais ténue ou fulgente, cega tantos e de tal forma, que o espinho os craveja, fere e leva à escuridão onde, ratos viscosos, se igualam nas fétidas vidas...

obrigado pelo teu post
redobro os votos
o teu sítio tem ar fresco

Om-Lumen disse...

Uma Páscoa Feliz para ti Angel Bar :-)

Um abraço amigo.

Om-Lumen

JotaCê Carranca disse...

Boa Pascoa, muitos doces e mais escritas

Alexandre disse...

Ah, que saudades, um novo post... e fantástico, claro!!!

Neste mundo, para sobrevivermos, só mesmo sendo à prova de bala!!!

A fábula está actualíssima, as pessoas andam cada vez mais «preocupadas» em suplantar e denegrir os outros que apostarem em si próprias!!!

E o drink? Desde que tenha coco é sempre divinal...

Beijinhos e Boa Páscoa!!!

Pontos_nos_psis disse...

Feliz Páscoa. Muitas amendoas doces. Um beijinho.

Klatuu o embuçado disse...

Vou experimentar a long drink... ;)

Escorpiana Explosiva disse...

PASSEI AQUI PRA DESEJAR BOA PÁSCOA VOLTE SEMPRE

Rui Luís Lima disse...

olá angel bar!
obrigado pela visita ao nosso blogue de cinema.
uma boa Páscoa cheia de amendoas e bons filmes:)***
paula e rui lima

MARTA disse...

Que bom que é poder ver, sentir como o sol nasce...como empurra a noite e se afirma...
Calmamente, sem atropelos como infelizmente muita gente faz na vida real.....
Obrigada pela visita, pelos desejos de Boa Páscoa e sobretudo pela amizade...
Bem haja.
Beijos e abraços
Marta

El_Felipe² disse...

Vim desejar-te uma optima pascoa... Espero que a passes com os que mais gostas...

Cuida te.

paula e rui lima disse...

olá
obrigado pela visita ao nosso blogue de cinema:)
paula e rui lima

Teresa David disse...

Obrigada pela visita. vim até ao seu canto espreitar e o que mais me chamou á atenção foi a fábula, pois já conheci tantas destas cobras...embora eu não seja pirimlapo!
Bjs
Td

o alquimista disse...

Escreves de forma esmagadora, não consigo ler-te sem tempo, normalmente salvo os teus dtextos e dilicio-me depois...


Doce beijo

Alexandre disse...

Ah, ah, também tou por aqui mas a caminho de um sítio mais confortável... para começar, o sofá... depois logo se verá...

Beijinhos!!!

José Alberto Mostardinha disse...

Viva:

O Estados Gerais solicita o teu prezado comentário a assunto deveras preocupante.
Um abraço,

Cristina disse...

Olá Angel,
Passei para te desejar um bom fim de semana,
beijinhu

Alexandre disse...

Angel,

o teu blogue é um dos 5 blogues que me fazem pensar e que eu destaco...

Beijinhos!!!

MARTA disse...

Olá, Angel - eu também a nomeei como um dos 5 blogues que me fazem pensar...
Parabéns - bom fim de semana.
Beijos e abraços
Marta

MARTA disse...

Olá, Angel - eu também a nomeei como um dos 5 blogues que me fazem pensar...
Parabéns - bom fim de semana.
Beijos e abraços
Marta

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Angel:

O dia 25 de Abril aproxima-se.
Nele será comemorado uma data que permitiu ao povo português libertar-se dum regime totalitário, desprezível e anquilosado.
Foi posto termino a uma guerra colonial injusta e traumatizante.
É opinião unanime de que o país progrediu a olhos vistos.
É preciso fazer mais?
Certamente.
Mas fazê-lo em liberdade tem muito mais sabor.

Viva o 25 de ABRIL.

Um beijo,

angel bar disse...

Alexandre, estou emocionada...

angel bar disse...

Marta, duplamente emocionada...

entre linhas disse...

Minha amiguinha apesar de eu passar o feriado a trabalhar,venho te desejar um bom feriado.

Bjs Zita

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Angel:

Viva o 25 de Abril... e não se esqueçam de ensinar aos mais novos de qual a importância dele para a vida colectiva dos portugueses.

Forte abraço,

Entre linhas... disse...

Minha amiguinha passei por aqui julgando haver novidades,no entanto deixo-te os votos de um óptimo fim de semana.

Bjs Zita